Texto-base da PEC Paralela da Previdência é aprovado em primeiro turno

Com 56 votos favoráveis e 11 contra, o texto-base da PEC Paralela da reforma da Previdência foi aprovado pelo Senado.

A proposta que inclui Estados, municípios e Distrito Federal nas regras previdenciárias ainda pode ser alterada por destaques à medida.

De acordo com a Agência Senado, a votação dos quatro destaques apresentados por PT, Rede, PSDB e Pros foi adiada para as 14h da próxima terça-feira (12). A previsão anterior é que fossem apreciados na noite da véspera (6).

O texto-base da PEC Paralela aprovado é do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), confirmado mais cedo pela CCJ.

Por se tratar de uma PEC, a matéria precisa dos votos favoráveis de 49 senadores em dois turnos de votação.

Após ser aprovada em segundo turno, a PEC Paralela poderá ser encaminhada para apreciação da Câmara dos Deputados.

O texto altera pontos da reforma da Previdência (PEC 6/2019) aprovada pelo Senado em outubro, que será promulgada em sessão solene do Congresso Nacional às 10h da terça-feira (12), segundo o presidente do SenadoDavi Alcolumbre (DEM-AP), que também detém o comando do Congresso. A reforma precisa ser promulgada para que as novas regras previdenciárias entrem em vigor.