Você sabe como consultar o seu nome para saber se está sujo?

O Brasil saiu de uma fase em que a economia crescia, com acesso fácil e farto ao crédito, para um longo período de recessão econômica, queda na renda e alta na taxa de desemprego. Como consequência, muitas pessoas não conseguiram pagar todas as suas contas em dia e tiveram seus CPFs inscritos nos serviços de proteção ao crédito.

Trata-se do famoso nome sujo, ou seja, a empresa para a qual ficou devendo avisa que você não honrou aquele compromisso. Há diversas razões para ficar negativado e, também, vários impactos na vida do devedor.

Para ajudar você a monitorar seu CPF, vamos mostrar como consultar nome sujo, além das principais causas e consequências desse problema. Continue a leitura!

Quais são as principais causas do nome sujo?

Atrasar contas e deixar de pagar dívidas são os principais motivos que levam as empresas e instituições financeiras a inscreverem os CPFs dos consumidores nos serviços de proteção ao crédito. Menos comum (mas ainda pior) é quando seu nome fica sujo por fraude. Sim, isso é possível.

Criminosos se apoderam dos dados de uma pessoa, clonam cartões e fazem compras que, claro, nunca serão pagas. Às vezes, você só descobre que está negativado quando vai fazer uma compra a prazo ou pedir um financiamento e tem sua solicitação recusada devido à restrição no CPF.

Como consultar nome sujo?

Deixou de pagar alguma conta ou tem dívidas em atraso? A empresa credora deve entrar em contato com você, notificando que seu CPF será inscrito nos cadastros do serviço de proteção ao crédito. A notificação pode ser feita por e-mail, SMS ou carta.

​É possível consultar a inscrição do CPF nos serviços de proteção ao crédito de forma integrada, por meio de plataformas que oferecem essa facilidade.

A vantagem é que você tem acesso a todos os dados em um único lugar, permitindo uma visão global de possíveis restrições financeiras do cliente. Nesse sentido, é possível verificar também ações judiciais que envolvam aquele CPF, dados cadastrais, protestos e situação do CPF na Receita Federal, entre outros.

Por que manter as contas em dia?

Existem muitos motivos para manter as contas em dia e evitar ficar com o nome sujo. O primeiro deles é que cumprir os compromissos financeiros é nossa obrigação. Quando alguém fica nos devendo, queremos que a dívida seja paga, certo? Afinal, esse foi o combinado.

Mas também é verdade que, na maioria das vezes, as pessoas deixam de honrar seus compromissos devido a dificuldades financeiras — e não por vontade própria. Assim, é importante saber quais contas devem ser quitadas com prioridade.

Contas prioritárias

Água, luz e telefone, por exemplo, são serviços cortados de forma relativamente rápida em caso de atrasos no pagamento. Não seria nada agradável chegar à sua casa e não ter eletricidade, concorda? Assim, esses compromissos devem vir em primeiro lugar.

Financiamentos também precisam estar no topo da lista. Se você está pagando as parcelas do seu imóvel ou de um veículo, saiba que, enquanto não for quitado, o bem pertence a quem concedeu o crédito.

Após poucas parcelas em atraso, a instituição pode executar a dívida e tomar o bem. Basta ver a quantidade de imóveis que os bancos leiloam: grande parte deles foi tomada de pessoas que não conseguiram manter os pagamentos em dia.

A taxa de condomínio e a mensalidade da escola ou da faculdade também devem constar entre as prioridades. A inadimplência no condomínio pode levar a uma ação para tomar o imóvel, ao passo que atrasos na mensalidade escolar impedem que o aluno renove sua matrícula.

Quais são as consequências de ficar com o nome sujo?

A inserção do CPF nos cadastros de devedores dos birôs de crédito pode complicar substancialmente a vida da pessoa. Os bancos cortam linhas de crédito, cheque especial e emissão de talões de cheque dos clientes que estão negativados. Com isso, não é possível conseguir uma linha de crédito mais barata para quitar as dívidas.

Como proceder?

Nesse caso, uma das alternativas é deixar a dívida rolando, o que só vai fazer com que ela aumente a cada dia, uma vez que continuam incidindo juros e multas. Resumindo: fica cada vez mais difícil pagá-la.

Isso também traz inúmeras complicações para o devedor, uma vez que os credores podem entrar na Justiça, que possivelmente determinará o bloqueio de contas bancárias e o confisco de bens para a quitação das dívidas. Esse é, portanto, o pior cenário.

A outra opção é procurar uma financeira que aceite emprestar para quem está com restrições no CPF. O problema é que as taxas de juros nesses casos costumam ser muito altas, o que vai igualmente contribuir para elevar sua dívida e deixar você em uma situação cada vez mais complicada.

Como a vida profissional pode ser afetada?

O nome sujo também traz consequências graves para a vida profissional. No processo seletivo, muitas empresas consultam o CPF dos candidatos e descartam aqueles que têm dívidas em atraso.

A lógica é que a companhia considera que a pessoa não consegue ter controle nem sobre as próprias finanças, o que mostraria uma falta de organização. Sem contar que o problema poderia afetar o desempenho do funcionário, que estará com a mente nas dívidas.

Vale destacar, porém, que nem todas as empresas são assim. Algumas não usam esse critério ou até fazem a consulta, mas analisam caso a caso. Se o indivíduo passou muito tempo desempregado e se endividou depois disso, por exemplo, a instituição pode considerar que ele não teve “culpa”.

Pronto! Agora você já viu como consultar nome sujo, entende o impacto da negativação na vida das pessoas e, portanto, conhece a importância de manter suas contas em dia para evitar restrições no CPF, certo?

Gostou deste conteúdo? Siga nossos perfis no Facebook e no Instagram para acompanhar todas as novidades. Inscreva-se também em nosso canal no YouTube!

Que tal receber o seu dossiê financeiro?

Com o seu CPF, consulte agora e sem burocracia sua reputação financeira.

Tenha acesso a todas as informações em único lugar! Com o Data Engine, nós acessamos várias fontes diferentes para você e não apenas SPC/Serasa. Consulte agora!

Leave a Reply

Your email address will not be published.