Ações para comprar em Agosto de 2019, segundo 17 corretoras e bancos

Quais são as ações mais recomendas para Agosto de 2019? Conforme relatório compilado pelo Fast Markets a partir das carteiras recomendadas de 17 corretoras e bancos, segue as ações mais recomendadas:

Baixe o estudo completo aqui – Carteiras recomendas para Agosto de 2019.

PETR4 – As ações da Petrobras são sempre bastante recomendadas devido a importância da companhia estatal no cenário econômico, uma vez que exerce forte influência sobre a atividade operacional global.

Além disso, com o programa de privatizações do governo, há a estimativa que a companhia levante cerca de R$52 a R$57 bilhões em recursos com a venda de 8 refinarias.

BBDC4 – O Bradesco é o segundo maior banco privado do Brasil, e no último balanço divulgado pela companhia o lucro líquido apresentou um salto de 33,4% no segundo trimestre.

Para os analistas da XP Investimentos, o maior apetite a risco declarado deverá resultar em crescimento da carteira de varejo da instituição e haverá mais espaço para redução de despesas e provisões.

VALE3 – Assim como a Petrobras, a produção da Vale se destaca no cenário mundial, mesmo que de forma seletiva, dadas as incertezas econômicas. Sobretudo, os resultados da empresa divulgados recentemente vieram em linha com o esperado, considerando o desastre de Brumadinho, e com algum potencial de crescimento.

As duas ações mais recomendadas do ano

PETR4 – Devido a companhia ter como acionista majoritário o Governo Federal, as ações da Petrobras refletem bastante o mercado brasileiro e são as primeiras a sentir oscilações.

Com a agenda de reformas, o mercado tem a expectativa de que o país crescerá economicamente, puxando a empresa. No radar há também as vendas de refinarias, que devem ser feitas pela Petrobras em breve.

BBAS3 – Os ativos do Banco do Brasil são considerado por muitos analistas e investidores como confortáveis, pois esta é uma das empresas mais antigas listadas na bolsa e se trata de um dos maiores bancos do país. A expectativa no momento é que a instituição financeira venda uma fatia de R$ 5,65 bi da Cielo.

>>Baixe agora as carteiras recomendadas do mês de Agosto de 2019<<