Saiba como utilizar a alavancagem no day trade de forma consciente

A alavancagem financeira é uma prática comum no mercado de ativos. É uma ferramenta utilizada para que o trader possa operar na Bolsa com valores superiores ao que dispõe na conta de sua corretora.

Embora esse conceito pareça estranho, a alavancagem day trade é amplamente usada, principalmente porque esse tipo de operação costuma durar apenas algumas horas ou minutos.

Uma das vantagens é que o investidor não precisa pagar pelo valor total que está comprando e, muito menos, receber tudo que está vendendo — o trader responde apenas pela oscilação existente entre a compra e a venda.

Se você ficou interessado no assunto, continue a leitura deste artigo e saiba como utilizar a alavancagem no day trade de forma consciente.

Como funciona a alavancagem day trade?

Você deve estar pensando: como é possível utilizar valores superiores aos que eu possuo? Afinal, essa alavancagem é um tipo de empréstimo?

A alavancagem financeira pode ser explicada com uma analogia ao sistema do cheque especial praticado pelos bancos.

Imagine que no início de um dia você saque todo o valor do seu cheque especial (R$20 mil, por exemplo). Essa quantia estará em suas mãos e você a utilizará da maneira que bem entender. E se você depositar a mesma quantia para o banco até o final do dia, hão há cobrança de juros ou outras taxas.

No sistema day trade, é como se você estivesse no lugar do banco: todo o lucro ou prejuízo decorrente da utilização do montante ao longo do dia é de responsabilidade do day trader. Assim, se você lucrar 10% com esse dinheiro, o lucro é todo seu. Entretanto, se você tiver 5% de prejuízo, esse valor deve ser compensado no momento em que a devolução for realizada.

Quais as vantagens e os riscos da alavancagem day trade?

A alavancagem é uma prática que pode render ganhos superiores aos que seriam possíveis se o trader utilizasse somente o capital próprio, o que a torna uma alternativa atrativa. Ninguém pensa em investir considerando a opção de prejuízos, não é mesmo?

Os riscos estão relacionadas à ocorrência de eventuais prejuízos, pelos quais o investidor deverá se responsabilizar por repor, ao final do dia, a quantia perdida.

Utilizando o exemplo do cheque especial, imagine que você solicitou uma alavancagem de R$20 mil, tendo em ações apenas R$ 2 mil como margem de garantia. Infelizmente, o mercado não teve o desempenho que você esperava e as ações tiveram uma queda de 4% nesse dia. Então, o valor restante da operação foi de R$19.200,00

Em outras palavras, é possível dizer que o prejuízo do investidor foi de R$800 reais naquele dia, o que equivale a 40% de todo o seu patrimônio. Isso sem levar em consideração os custos da operação, que são aplicados em qualquer hipótese, havendo lucro ou prejuízo.

Quando usar a alavancagem no day trade?

Antes de utilizar a alavancagem day trade, o trader precisa saber exatamente o que deve ser feito. Essa é a única maneira de evitar grandes prejuízos financeiros.

Por isso, é possível afirmar que esse procedimento não é recomendado para iniciantes, pois pode comprometer todo o seu patrimônio. Mesmo os investidores experientes devem ter uma estratégia definida, gerenciando os principais riscos e sendo capazes de identificar o stop loss (perda máxima aceitável).

Outro tipo de conhecimento importante se refere ao mercado financeiro. É preciso estar atualizado aos principais acontecimentos políticos e econômicos, sabendo como eles podem afetar seus investimentos.

A alavancagem day trade deve ser uma alternativa aplicada com muito cuidado. É preciso ter certeza nas decisões e contar com a experiência para saber o momento certo de realizar esse processo. Se aventurar pode ser o caminho para o fracasso. Pense nisso.

E aí, gostou do nosso artigo sobre alavancagem day trade? O que achou das informações que destacamos? Ficou interessado? Então, assine nossa newsletter e receba outros conteúdos como este!